terça-feira, 6 de junho de 2017

C.caç.4141 os Gaviões

1 comentário:

  1. Malema
    Bifes “loiras” e coca cola.
    Foi o que me proporcionou o saber.
    Pouco tempo tinha passado desde o 25 de Abril e pelas razões que todos conhecemos a intranquilidade foi-se apoderando de todos os brancos que em Malema habitavam até aí com a mesma tranquilidade que em qualquer cidade da metrópole.
    Pequena vila ferroviária do corredor Nacala-Vila Cabral a uns duzentos e cinquenta quilómetros de Nampula,.
    Também centro de processamento e cultivo de tabaco.
    Grandes plantações sobrevoadas e tratadas por avioneta e terra calma e acolhedora.
    No grémio onde era triturado e desinfetado começou a escassear a mão-de-obra.
    Numa pequena e pouco apetrechada oficina eram feitas peças que permitiam que as alfais agrícolas dos “machambeiros” por certo na maioria dos casos sócios, continuassem a trabalhar a terra.
    Mas os responsáveis brancos acharam mais avisado não regressarem das férias no “puto” e a oficina ficou em parte parada.
    Soldadura e serralharia lá se foi fazendo mas o torno não trabalhava e havia cavilhas a fazer.
    Não sei quem descobriu que eu era capaz de safar a situação.
    Foram dois meses em que a retribuição mais generosa do que a do E.P. me permitiram comer uns bons bifes e pagar umas bazucas ou cocas aos amigos. Mas estas casos raro que a malta gostava mais das “loiras”.
    Foi em Malema em meados de setenta e quatro.

    ResponderEliminar